quinta-feira, 28 de outubro de 2010

OFICINAS CULTURAIS 2010


OFICINA DE LUTHERIA


A PARTIR DA REFORMA DE INSTRUMENTOS DE CORDAS











OFICINAS CULTURAIS

MÚSICA

SEDE REAJA
Aulas de violão e cavaquinho, para público jovem, em iniciação musical e execução de algumas músicas nos instrumentos.






VILA IRINEU SERRA
Comunidade tradicional onde foi fundada a cultura do Daime por Raimundo Irineu Serra recebe aulas de música para jovens e crianças. Se formaram 3 turmas: flauta doce, violino e violão / cavaco.

Apresentação do grupo de choro SONATIVO na aula inaugural.

PASTORINHAS DO 2o DISTRITO
Parceria entre Cooperativa NATIVOZ e BAQUEMIRIM.
Através de lei municipal de incentivo a cultura, as Pastorinhas da Sra Guajarina encomendaram da cooperativa os instrumentos artesanais para a aão do projeto BAQUEMIRIM que é a formação da BANDA MIRIM DAS PASTORINNHAS.
Alguns dos instrumentos:

Cavaquinhos de cedro, assacú, toarí e canela. Detalhe de marchetaria em ganzá de embaúba Surdo feito com ripas de cedro, levíssimo! Pandeiro de toarí com ganzás Violão infantil, todo de cedro e canela, som e ação fantásticos!


video

Vídeo da apresentação do grupo de percussão formado pelo PROJETO BAQUEMIRIM para as Pastorinhas do Segundo Distrito, dirigida pela Dona Guajarina. O hino do estado do Acre foi tocado por um ritmo nativo, o baque de marcha, com instrumentos nativos. Foi na abertura oficial do 2o Fórum de Arte educação do estado do Acre, no teatro Plácido de Castro com a presença mais de 500 pessoas.
As crianças estavam ansiosas por ser a primeira apresentação em grande responsabilidade, mostrando neste vídeo o resultado de 2 meses de oficina com o intrutor Magno Oliveira que de pé, toca um instrumento nativo do Acre, o "Espanta-cão" (uma cruz de madeira com pé de borracha, reco no corpo e platinelas nos braços). O Acre é um dos raros estados onde o povo canta e ama o próprio hino. Tem estados como São Paulo onde os paulistanos nem sabem se existe hino...(quem escreve isso é um paulistano, e já perguntei isso para vários conterrâneos)
 Puxando o coro no palco, cantores do centro de multimeios da secretaria de educação do municipio de Rio Branco que faz parceria com o projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário